Menu

Temple Grandin: produtividade e sustentabilidade de mãos dadas

Por em 25 de outubro de 2021

Qual a relação entre a produtividade e a sustentabilidade? Existe esse elo? Como ele é colocado em prática? Essas são perguntas que não passariam pela cabeça do consumidor de muitas décadas atrás, mas que o consumidor de hoje faz. O consumidor atual preocupa-se com a qualidade do produto e os meios para obtenção dessa qualidade.

Na década de 1960, produtores e pesquisadores envolvidos na área de produção animal começaram a sistematizar novas práticas direcionadas para o aumento da produção aliadas com o bem-estar animal. Visando esse novo objetivo, o grupo Farm Animal Welfare Comittee (FAWC) instituiu 5 pontos do sucesso para o bem-estar animal. As 5 liberdades propõem que o animal deve estar:

  • Livre de medo e estresse;
  • Livre de sede e fome;
  • Livre de desconforto;
  • Livre de dor, lesão ou doença;
  • Livre para expressar seu comportamento natural.

Aumento da produtividade

O que o bem-estar animal tem a ver com a produtividade? Animais bem tratados alcançam seu potencial máximo, agregando valor ao produto e promovendo para pecuarista maior produtividade.

A constância no tratamento animal, como água sempre limpa, boa alimentação e um manejo sem estresse denota que o animal sentirá liberdade em exercer seus instintos naturais. Com isso, existe um aumento na qualidade do produto e, consequentemente, maior produtividade para o pecuarista.

Temple Grandin – Um marco no bem-estar animal

Será que o mugido do rebanho tem relação com o bem-estar animal e a produtividade da fazenda? Para Temple Grandin, a resposta a essa pergunta é, definitivamente, “sim”.

Nascida em 1947, a americana de Boston, nos Estados Unidos, revolucionou a pecuária ao observar que o manejo do gado feito de forma racional aumenta a produtividade, diminui os custos para o pecuarista e aumenta a qualidade do produto.

Grandin realizou uma pesquisa sobre os mugidos do rebanho, percebendo em quais etapas do manejo esses mugidos se intensificaram e o porquê dessa intensificação.

pesquisadora Temple Grandin

Curral curvo

A pesquisadora percebeu que um rebanho agitado costuma mugir com mais intensidade e frequência, o que gera estresse e, por isso, afeta o manejo e a produção.

Aperfeiçoando os dados ao longo da pesquisa, Grandin criou um sistema que facilitou que o rebanho se locomovesse em pequenos grupos, em um percurso curvo e com muros em volta.

Dessa forma, o manejo racional do rebanho proporciona ao animal a expressão de sua natureza, facilitando seu desenvolvimento e estabelecendo um tipo de manejo humanizado, sustentável e, ao mesmo tempo, produtivo.

Temple Grandin visita uma fazenda no Brasil

Quando pensar diferente muda tudo

Pôster do filme “Temple Grandin”, de 2010, dirigido por Mick Jakson

Em 2010, a HBO lançou um filme intitulado Temple Grandin, protagonizado por Claire Danes. A obra conta a história da pesquisadora, desde a sua infância até a vida adulta, sem deixar de lado os problemas que Grandin teve que enfrentar por ser autista.

Apesar das dificuldades de socialização, Grandin conseguiu fazer-se ouvir e mudar para sempre os rumos do manejo do rebanho nos Estados Unidos e no mundo todo.

Apaixonada por ciências, a pesquisadora teve incentivos da mãe e do professor da escola interna onde estudou para que alcançasse os seus objetivos de criar uma forma humanizada de lidar com o rebanho.

Esse retrato da história de vida de Grandin é repleto de sensibilidade, e as escolhas visuais do diretor, Mick Jackson, possibilitaram uma narrativa encantadora que faz com que o espectador enxergue pelos olhos de Temple um mundo no qual a relação entre homem e natureza pode, sim, ser harmônica, racional e revolucionária.

Trailer do filme “Temple Grandin”

Pecuarista de Sucesso

Essa é mais uma lição do Pecuarista de Sucesso, uma jornada de conhecimento promovida pela iRancho. Toda semana duas novas lições de manejo para a pecuária de corte. Caso você tenha perdido as lições anteriores, abaixo alguns links para você rever ou maratonar.

Bem-estar Animal: conheça 5 princípios que você deve seguir

Estresse térmico: veja como garantir o bem-estar animal e a produtividade

SOBRE O AUTOR

Preencha o formulário e garanta seu teste grátis

Av. 136, 638 - 3 andar - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-040

(62) 3414-7361
(62) 98139-3868
© iRancho - Sistema de Gestão Pecuária de Corte. CNPJ: 26.542.466/0001-02
Open chat