Engorda de bovinos de corte em 2020

No ano de 2019 a arroba do boi gordo teve forte valorização, impulsionada pela demanda interna e exportação. Os valores da arroba estabilizaram e no início de 2020 observou-se queda. Normalmente o mês de janeiro é menos intenso no mercado interno, comparado ao mês de dezembro.

Neste momento, surgem muitas dúvidas e preocupação com o preço da arroba do boi gordo. Principalmente, devido ao aumento na oferta de boiada pronta para o abate que acontecerá daqui a alguns dias.

Se você está na dúvida em manter os animais no pasto ou vender, a dica é: avaliar com cautela, tomar uma decisão planejada e com base nos custos de produção. Assim, saberá se manter os animais na fazenda, não resultará em prejuízo.

Apesar disso, as expectativas para este ano ainda são positivas. Mas, não fique refém do mercado, o risco de preço não deixará de existir, porém, podemos minimizá-lo.

Confinamento: milho x boi gordo

 

A alimentação exerce um grande impacto técnico e econômico em um confinamento. Por isso, quem vai confinar precisa ficar atento aos preços dos ingredientes da ração, dentre eles o milho, que é um alimento energético muito utilizado na alimentação de bovinos confinados.

O preço do milho interfere no custo da diária do animal no confinamento e consequentemente no custo da @ produzida. Dessa forma, o milho pode ser substituído por outros alimentos, como o sorgo, visando redução de custos. Contudo, recomenda-se que a substituição seja feita por um profissional da área de nutrição, pois, é importante uma boa formulação para obter uma dieta que atenda às exigências nutricionais dos animais. E que, além disso, proporcione ganho de carcaça adequado, resultando em melhor remuneração para o produtor.

Houve valorização do preço do milho, devido a demanda interna aquecida e a demanda para exportação. A estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) é que os preços do milho no mercado interno continuem firmes e elevados, estima-se um estoque final para a safra 2019/2020 de 9,1 milhões de toneladas, inferior a safra 2018/19 que foi de 11.536,1 milhões de toneladas.

Com isso, a relação de troca milho/boi gordo está em 4,03 sc/@ ou seja, hoje é possível comprar quatro sacas de milho (60kg) com o valor de uma arroba de boi gordo. Considerando a cotação em Goiás do milho a R$44,50 reais/sc e R$ 179,50 reais/@ (Scot Consultoria – 19/01/2020).

Alterações nos preços do milho e da arroba irão modificar a relação de troca e o poder de compra do produtor. A relação de troca é considerada favorável, quanto mais sacas de milho o pecuarista conseguir adquirir com uma arroba de boi gordo. O que se considera um estímulo à adoção do confinamento, embora, o custo do boi magro também seja um fator importante no custo final da arroba produzida.

O ágio do boi que é a diferença de preço da arroba entre boi gordo e boi magro está em 20%. Enfim, o custo de aquisição do milho e do boi magro impacta na rentabilidade do confinamento. Com a alta nos preços de ambos, o confinador precisará planejar e comprar bem para viabilizar a atividade.

 

Em resumo

 

Se o mercado melhorar ou piorar temos que estar preparados, e isso só é possível com bom planejamento e uma gestão eficiente. Por isso, avalie as suas operações de engorda de gado, seja a pasto ou em confinamento. “Ganhar dinheiro” na pecuária não depende somente do preço pago pela arroba do boi. A única garantia do produtor é da porteira para dentro, assim, é preciso fazer conta do custo da arroba produzida na fazenda.

 

BeefStats

 

O Beefstats é uma ferramenta que pode auxiliar o pecuarista na tomada de decisão na fazenda. Ele é conhecido como “A calculadora do pecuarista”, e auxilia o produtor a entender os custos, analisar os riscos e tomar decisões com menos incertezas e embasadas em números.

 

Fontes:
www.scotconsultoria.com.br
https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/graos

 

Escrito por: Fabíola Lino. Zootecnista, mestre em Ciência Animal, doutoranda em Zootecnia, professora universitária e Diretora da Associação Brasileira de Zootecnistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *