Apenas 15% das fazendas no Brasil usam balança e tronco de contenção

O Giro do Boi divulgou nesta quinta-feira, 11, entrevista com o diretor da Açôres Balanças e Troncos, Gabriel Hauly. O empresário reforçou a importância das balanças de precisão e troncos de contenção para uma pecuária produtiva e competitiva por conta da relevância do conjunto como ferramenta de gestão.

Hauly alertou para o número que aponta que, no Brasil, apenas 15% das fazendas de pecuária possuem tronco de contenção e balança. A estimativa pode ser ainda mais alarmante, pois, de acordo com o próprio empresário, em boa parte das propriedades que possuem, a estrutura e o equipamento estão em estados de conservação inadequados. “Isso tem deixado muito preocupado realmente porque o único celeiro do mundo que possa produzir carne, e de qualidade, é o Brasil”, frisou.

Gabriel salientou ainda que os equipamentos mais modernos, automatizados, podem melhorar a produtividade do manejo feito na fazenda. Enquanto a pesagem de um animal na balança mecânica leva, em média, um minuto e meio, no tronco automático é possível fazer apenas a pesagem em cinco a seis segundos. Em serviços mais complexos, o empresário afirmou que é possível manejar até 120 bovinos por hora. “É fantástico, com apenas um operador fazendo pesagem eletrônica, fazendo contenção, vacina, tudo ao mesmo tempo”, confirmou.

FONTE: Giro do Boi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *