Menu

Comece uma gestão eficiente na pecuária de corte em 5 passos

Por Andrea em 7 de janeiro de 2022

Os altos custos de produção somados à volatilidade do mercado do boi gordo têm exigido do pecuarista uma gestão mais precisa e profissional. Como resultado desta conclusão, a iRancho, a KJS Consultoria de Dados e a Orienta Inteligência Pecuária estão promovendo a imersão “Dos Dados ao Dinheiro”, por meio de lives gratuitas, aos pecuaristas que desejam transformar a gestão da sua fazenda. 

O primeiro encontro aconteceu na última quarta-feira (01/06) e trouxe o tema “Quando e como começar o controlar o rebanho”, com um time formado por Eduardo Coelho, diretor técnico da Orienta Inteligência Pecuária; Gabriel Silveira, Cofundador da Orienta Inteligência Pecuária; Katia Sato, CEO da KJS da Consultoria e Treinamento; Thiago Parente, CEO da iRancho e com a participação especial do consultor, Felipe Moura. 

Com base neste bate-papo, reunimos 5 lições que todo pecuarista deve considerar antes de começar a controlar os dados do rebanho. Veja só esse resumão:

1 – Se Reinvente!

Para se manter na pecuária atual é preciso fazer diferente. Certamente, quem faz sempre a mesma coisa, colhe sempre os mesmos resultados. Hoje, qualquer negócio possui funcionários e um software de gestão. Como uma fazenda que trabalha com um estoque de milhões não tem gerenciamento?

 2 – Saiba o que quer enxergar

Você precisa se conhecer e saber o que deseja atingir. Isso é fundamental para entender quais dados perseguir e as decisões a tomar.  O GMD, por exemplo, pode não significar nada se o produtor não sabe gerenciar esse dado. Muitas vezes você quer o controle, mas nem sempre sabe o que enxergar na fazenda. 

3 – Tenha Precisão na Coleta de Dados

É melhor não usar dado nenhum do que usar um dado não confiável. Isso pode comprometer a produção de um ciclo todo. Por isso, tenha disciplina, precisão e paciência. O trabalho de tecnologia na coleta de dados não acontece de um dia para a noite, a resposta do controle pecuário pode levar um ciclo inteiro para gerar informações consistentes.

4 – Busque produtividade hectare/ano

Gado bonito não paga a conta. Melhore a eficiência da fazenda como um todo.  Um produtor de soja, por exemplo, trabalha com a produtividade hectare/ano. Na pecuária é da mesma forma! Ou seja, o pecuarista que trabalha com pasto precisa medir quilos por hectare/ano e fazer a gestão por centros de controles: estoque, lotação, mortalidade e desempenho. Depois disso, com precisão, atua nos pontos que estão reduzindo o seu ganho por hectare.

5 – Curral não é lugar para tomar decisão! 

Vá para o curral com uma solução. Por isso, invista em um sistema que entrega informações prévias. 

Próximo Encontro

No próximo encontro da imersão oferecida pela iRancho, KJS Consultoria de Dados e a Orienta Pecuária, teremos o tema  “Como ler uma fazenda através de um conceito de gestão”. Vamos aprofundar o assunto, explicar quais informações perseguir e como fazer a leitura dos dados. 

Anota aí, é nesta quarta-feira, dia 8 de junho, às 19h00 no canal da iRancho no Youtube. Atenção: a imersão é online e gratuita, mas você pode pode garantir seu acesso inscrevendo-se neste link. Traga sua dúvida, estamos esperando você!

Leia Também:

Gestão Pecuária – Qual o melhor software para gestão?

Conheça os parceiros iRancho! Tem sempre um perto de você

SOBRE O AUTOR
Andrea

Preencha o formulário e garanta seu teste grátis

Av. 136, 638 - 3 andar - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-040

(62) 3414-7361
(62) 98139-3868
© iRancho - Sistema de Gestão Pecuária de Corte. CNPJ: 26.542.466/0001-02
Open chat