Menu

Coleta de dados: como fazer e o que coletar na fazenda

Por Andrea em 15 de janeiro de 2022

Se você chegou até aqui já sabe que fazer a gestão da sua fazenda de pecuária de corte é necessária. Mas como fazer e o que coletar? Essas são as dúvidas mais comuns no início de todo processo de coleta e interpretação de dados da fazenda. 

Por isso, a segunda live da imersão “Dos Dados ao Dinheiro”, realizada na quarta-feira, dia 8 de junho, aprofundou mais o tema e explicou como ler uma fazenda através do conceito de gestão. Eduardo Coelho, diretor técnico da Orienta Inteligência Pecuária; Gabriel Silveira, Cofundador da Orienta Inteligência Pecuária; Katia Sato, CEO da KJS Consultoria e Treinamento e Thiago Parente, CEO da iRancho, forneceram muitas dicas. 

Veja cinco insights que você precisa saber: 

1 – Tenha um projeto da fazenda

Faça o diagnóstico da sua fazenda, isso vai ajudá-lo a conhecer o seu negócio, qualidades e deficiências. Com base no diagnóstico, elabore uma projeto para a sua fazenda com seus objetivos  e metas. Lembre-se de medir suas metas com frequência para entender os resultados e corrigir rotas, se necessário.

2 – Tenha números que contem histórias

De nada vale um número sem o contexto. Por exemplo: a produção de quilos por hectare deve vir acompanhada de informações sobre a forrageira usada, nível nutricional, adubação, etc. É preciso conhecer as características e as circunstâncias daquele número. Só assim você saberá se o número é bom ou ruim. 

3 – Conheça quais são seus números decisivos

Todo número que vai impactar nos seus objetivos são decisivos. Tenha isso como critério para priorizar a coleta de dados. O estoque, por exemplo, é decisivo para todo tipo de produção. É como ter conta no banco e não saber o saldo. Mas se você faz ciclo completo, você vai fatiar a fazenda em três momentos  – cria, recria e engorda – e estabelecer metas para cada uma delas.

4 – Seu negócio precisa de memória

Nenhuma fazenda é igual todo ano. Não adianta correr o dedo para a última linha e desejar sempre os mesmos resultados financeiros.  Os resultados nunca serão os mesmos. Por isso, é necessário fazer um banco de dados de anos de coleta para comparar as informações e entender as variáveis que fizeram sua fazenda ir para um lado ou para o outro. 

 5 – Preocupe-se com a eficiência da produção 

Dinheiro é bom, mas será a eficiência da produção que vai trazer os resultados financeiros. Saiba quanto produz e como produz. Então, persiga os dados produtivos.

Gostou dessas dicas? Saiba que teremos mais na terceira e última live da imersão  “Dos Dados ao Dinheiro”, que, desta vez, vai tratar das rotinas e metodologias que levam ao sucesso na coleta de dados. Será no dia 22 de junho, quarta-feira, às 19h00, no canal da iRancho no YouTube. 

Aproveite, vem mais consultoria gratuita por aí!

Leia Também:

Comece uma gestão eficiente na pecuária de corte em 5 passos

Conheça os parceiros iRancho! Tem sempre um perto de você

SOBRE O AUTOR
Andrea

Preencha o formulário e garanta seu teste grátis

Av. 136, 638 - 3 andar - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-040

(62) 3414-7361
(62) 98139-3868
© iRancho - Sistema de Gestão Pecuária de Corte. CNPJ: 26.542.466/0001-02
Open chat