Menu

Melhoramento genético de gado de corte – Como fazer um programa eficiente

Por Mirian Pitz em 13 de abril de 2022

No futuro da pecuária o melhoramento genético do gado de corte é protagonista.

O pecuarista que conhece o seu mercado e investe nessa tecnologia para melhorar a genética do seu rebanho, sem dúvida alguma, está alguns passos à frente.

melhoramento genético gado de corte

Mas o melhoramento genético sozinho não faz todo o trabalho. 

Ou seja, o seu sucesso depende de uma série de fatores.

Para selecionar os melhores animais, realizar os descartes corretamente e acompanhar os resultados é preciso, por exemplo:

a) ter em mãos todas as informações do rebanho;

b) seguir a risca as avaliações do programa de melhoramento genético escolhido.

Quer investir no melhoramento genético do rebanho, mas não sabe como?

​Então saiba aqui como fazer o melhoramento genético do gado de corte da forma certa.

O que é o melhoramento genético no gado de corte?

Na pecuária de corte, o melhoramento genético é utilizado para melhorar o ganho de peso, qualidade da carne, precocidade e temperamento.

Ou seja, através da escolha dos melhores touros e matrizes que serão os pais da próxima geração e do acasalamento dos mesmos, é possível, por exemplo:

a) fazer combinações genéticas para aumentar a produtividade do rebanho;

b) aumentar o retorno econômico. 

Benefícios do melhoramento genético

A busca por animais cada vez mais produtivos, vem fazendo com que cada vez mais produtores investem no melhoramento genético bovino.

Além de proporcionar uma carne de melhor qualidade para o consumidor, o melhoramento genético permite, por exemplo:

  1. Melhores índices zootécnicos;
  2. Aumento do lucro;
  3. Menor custo de produção;
  4. Precocidade sexual;
  5. Rápido ganho de peso (abate de animais jovens e pesados).

Fatores que influenciam no melhoramento genético

Para os animais desenvolverem seu potencial genético, é fundamental ficar atento a alguns fatores.

Por exemplo:

  1. Nutrição;
  2. Conforto dos animais;
  3. Higiene do ambiente;
  4. Controle sanitário específico para os animais selecionados;
  5. Detecção correta do cio;
  6. Manuseio correto das fêmeas;
  7. Histórico reprodutivo e fertilidade das vacas.

CONCLUSÃO

Assim, como vimos acima, o melhoramento genético é essencial para aumentar a produção e o lucro da pecuária de corte.

Contudo, para alcançar um melhoramento genético do gado de corte de qualidade, é preciso ter em mãos todas as informações do rebanho.

Através de um sistema completo, a iRancho oferece o melhor software para comunicação com programas de melhoramento.

Bem como, para a coleta e registro de todos os dados produtivos individuais do rebanho da sua fazenda.

Portanto, entre em contato com o nosso time e solicite um teste gratuito.

Gostou desse conteúdo? 

Então compartilhe com um amigo e siga a nossa página no Instagram para receber dicas sobre gestão pecuária.

SOBRE O AUTOR
Mirian Pitz

Preencha o formulário e garanta seu teste grátis

Av. 136, 638 - 3 andar - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-040

(62) 3414-7361
(62) 98139-3868
© iRancho - Sistema de Gestão Pecuária de Corte. CNPJ: 26.542.466/0001-02
Open chat