Creep feeding: estratégia na criação de bezerros

Creep feeding

O creep feeding é um sistema de alimentação em cocho privativo no qual somente o bezerro tem acesso durante a fase de cria . Visa melhorar o desempenho produtivo, aumentar o peso à desmama e acostumar o bezerro à suplementação no cocho. 

O cocho exclusivo para os bezerros é colocado em um cercado localizado próximo a área de suplementação para as vacas. Ou seja, é prático e permite suplementar o bezerro sem separá-lo da mãe. 

As respostas dos bezerros à suplementação em creep feeding dependem de fatores, como,  a forragem disponível, produção de leite da mãe, genética do bezerro, idade, sexo, tipo de suplemento utilizado e o consumo deste. 

O leite materno fornece a maior parte dos nutrientes necessários para o desenvolvimento do bezerro na sua fase inicial de vida. Contudo, a partir do segundo mês de vida, o leite não consegue suprir totalmente a exigência energética do bezerro. 

Dessa forma, o fornecimento de suplemento alimentar por meio do creep feeding corrige as deficiências nutricionais do leite e da forragem disponível durante o período de cria dos bezerros. Consequentemente, aumenta a taxa de crescimento, o ganho de peso, a eficiência alimentar e resulta em maior peso dos bezerros ao desmame. 

Com isso, o pecuarista obtém crias mais pesadas e lotes uniformes, possibilitando menor tempo de criação até o abate e um giro mais rápido na produção. Contudo, a nutrição pós desmame será decisiva para obter precocidade de abate. 

Animais que tiveram acesso ao sistema de creep feeding, não devem ser colocados em pastos ruins após a desmama, pois apresentarão pior desempenho e perderão peso. O ganho de peso adicional obtido na cria será perdido na recria. 

Lembre-se: a alimentação dos animais nas fases subsequentes precisa ser melhor ou igual a fornecida na fase anterior, nunca pior. Caso contrário, faltarão nutrientes para suprir a exigência de mantença dos animais e manter o ganhar peso. 

Portanto, após o desmame, que ocorre normalmente no início da estação seca em fazendas que realizam estação de monta, os bezerros devem continuar recebendo suplementação ou entrar em uma recria intensiva/confinada. 

Utilizar o creep feeding: sim ou não?

Depende dos objetivos e a realidade de cada fazenda. O pecuarista que objetiva desmamar um bezerro pesado para recriá-lo e reduzir a idade ao abate, precisará planejar a alimentação na recria para garantir a continuidade dos bons resultados. 

Fazendas de cria, que vendem seus bezerros à desmama, conseguem agregar valor ao produto (bezerro). Porém, é fundamental gerenciar o consumo de suplemento, avaliar os custos da suplementação e das instalações do creep feeding. E, estimar antecipadamente se o valor da venda dos bezerros pagará todos os custos. Para isso, utilize o iRancho um sistema de gestão inteligente e intuitivo, fácil de utilizar, que auxilia o pecuarista a controlar e gerenciar tudo que acontece na fase de cria.


Escrito por: Fabíola Lino. Doutora em Zootecnia, professora universitária e Diretora Estadual da Associação Brasileira de Zootecnistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *